Preencha seus dados e receba nossa newsletter

Captura-de-Tela-2016-05-25-as-15.32.13
Você já teve dificuldade para encontrar alguma página ou conteúdo na Internet sem ter o endereço eletrônico exato, também conhecido como URL (uniform resource locator)?
InternetLab participa de debates com vereadores na Câmara Municipal de São Paulo.
Não existe direito que seja absoluto. É claro que queremos nosso direito de reclamar, de “xingar muito no Twitter”, e seria absurdo, do ponto de vista da liberdade de expressão, que fôssemos proibidos de nos exaltar.
Até que uma lei como essa entre em vigor, continuaremos dependendo do bom senso do Judiciário para coibir violações e abusos.
Independentemente do desfecho mal sucedido da jogadora, o caso aponta para a possibilidade de o Judiciário reconhecer sim direitos que existam nessas realidades virtuais. Nos jogos em que determinados recursos sejam comprados em transações comerciais “de verdade”, como com um cartão de crédito, fica mais fácil de perceber isso.
O caso se insere em uma equação complexa que envolve, de um lado, as necessidades das autoridades de investigação para coibir a prática de crimes e, de outro, a preocupação das empresas em relação às suas próprias limitações técnicas de fornecimento de dados.
De muitas formas, o WhatsApp tem transformado a forma como nos comunicamos com as outras pessoas, e pode sim facilitar a resolução de algumas situações. Mas essa transformação não deve vir desacompanhada de uma reflexão sobre como proteger nossas informações pessoais e manter a proteção de sigilo das nossas comunicações.
Uma questão que permanece em aberto é se o rigor seria o mesmo caso a exposição da imagem não fosse direcionada ao grande público, mas a empresas ou órgãos públicos específicos. Cada vez mais chave passa a ser a seguinte pergunta: quem está olhando por detrás das câmeras?
O que fez o Judiciário quando fotos como as de Cristiano Araújo e a namorada vazaram na Internet?
1 2